Prefeitura de São José do Rio Preto
Ministério da Saúde inicia Campanha Nacional contra o Sarampo - Saúde -  - Releases
LINKS
Prefeitura de São José do Rio Preto
Ministério da Saúde inicia Campanha Nacional contra o Sarampo - Saúde -  - Releases
PROFISSIONAL
Prefeitura de São José do Rio Preto
Ministério da Saúde inicia Campanha Nacional contra o Sarampo - Saúde -  - Releases
:: ENTRAR
Usuário:

Senha:



Ministério da Saúde inicia Campanha Nacional contra o Sarampo - Saúde -  - Releases

Ministério da Saúde inicia Campanha Nacional contra o Sarampo

Em Rio Preto Unidades de Saúde disponibilizam a vacina tríplice-viral; primeira etapa da Campanha é voltada para crianças de 1 a 5 anos




Postos de saúde em todo o país iniciaram nesta segunda-feira, dia 7, nova Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. O foco das ações são dois grupos. O primeiro vai de 7 a 25 de outubro e irá imunizar crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade, com o dia D de vacinação no dia 19 de outubro. Já o segundo grupo, previsto para iniciar no dia 18 e novembro, será direcionado para adultos na faixa-etária de 20 a 29 anos que não estão com a caderneta de vacinação em dia.



A meta é vacinar 2,6 milhões crianças na faixa prioritária e 13,6 milhões adultos. Para isso, o Ministério da Saúde garantiu a maior compra de vacinas contra o sarampo dos últimos 10 anos. Ao todo, 60,2 milhões de doses da tríplice viral foram adquiridas para garantir o combate à doença nos municípios.



Para incentivar a vacinação de crianças, o Ministério da Saúde irá disponibilizar R$ 206 milhões que serão destinados aos municípios que cumprirem duas metas estabelecidas pela pasta. Para receber esse recurso adicional, os gestores terão que informar mensalmente o estoque das vacinas poliomielite, tríplice viral e pentavalente e atingir 95% de cobertura vacinal contra o sarampo em crianças de 1 a 5 anos de idade com a primeira dose da vacina tríplice viral.



Foram confirmados seis óbitos por sarampo no Brasil, sendo cinco em São Paulo e um em Pernambuco. Quatro óbitos ocorreram em menores de 1 ano de idade e dois em adultos com 31 e 42 anos.



Todos contra o Sarampo



Em Rio Preto, por meio da Secretaria de Saúde, desde o início do ano várias ações estão sendo desenvolvidas para o combate do surto de casos de sarampo na cidade. Até o momento foram 41 casos registrados da doença, sendo que 75% dos casos foram registrados em crianças menores de 5 anos de idade



Não ocorriam casos de sarampo em Rio Preto desde 1999, quando foi registrado o último caso. Em 2016 o Brasil recebeu o certificado de eliminação do sarampo no país. No entanto, com a migração de Venezuelanos pelo Estado de Roraima em meados de 2017, o vírus voltou a circular em diversas regiões. Neste ano, o Estado de São Paulo apresentou aumento de casos de sarampo e em Rio Preto foi observada a entrada do vírus em um surto importado no mês de julho.



Segundo a gerente do Setor de Imunização da Secretaria de Saúde, Michela Dias Barcelos, a doença precisa ser evitada já que é totalmente controlada por meio da vacinação. “A vacinação será seletiva, ou seja, estaremos vacinando as crianças com idade para receber as doses ou aquelas que estão em atrasado. É uma ação importante porque o Brasil enfrenta um surto da doença, sendo que a maioria dos casos está no Estado de São Paulo”, explica.



Michela afirma ainda que a vacina em Rio Preto atende as exigências do Governo Federal, sendo aplicada a Tríplice-Viral em todas as Unidades Básicas de Saúde da cidade.



“Disponível a todos que nasceram depois de 1960. A Campanha tem objetivo de resgatar todas as crianças em atraso considerando que o Sarampo é muito grave em crianças pequenas, e os casos muitas vezes foram registrados nas crianças com vacinação em atraso”, diz Michela.



A orientação é que os pais que tem crianças nesta faixa etária e tem duvidas procure uma Unidade levando a caderneta de vacinação para ser analisada a necessidade da vacinação.



A vacina é a Tríplice Viral que combate ao mesmo tempo Sarampo, Caxumba e Rubéola. Ela faz parte do calendário oficial do Governo Federal para crianças, adolescentes e adultos. Pessoas de um a 29 anos tem de tomar duas doses como determina a carteira vacinal. Já para pessoas de 30 a 59 anos a recomendação é uma dose da Tríplice Viral.



Sobre a doença



Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.



Os principais sintomas são:



febre acompanhada de tosse;



irritação nos olhos;



nariz escorrendo ou entupido;



mal-estar intenso;



Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.



Previna-se



Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. Por isso, o Governo Federal em parceria com os estados e municípios estão unindo esforços para vacinar 39,9 milhões de brasileiros, 20% da população, que hoje estão suscetíveis ao vírus do sarampo, de acordo com o Ministério da Saúde. Apesar da faixa etária de 20 a 29 anos concentrar a maior parte desses brasileiros (35%), são os menores de 5 anos o grupo mais suscetível para complicações do sarampo.



Desde o início do ano, foram distribuídas 25,5 milhões de doses da vacina tríplice viral para garantir a todos os estados a vacinação de rotina, as ações de interrupção da transmissão do vírus e a dose extra chamada de ‘dose zero’ a todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias.



Texto: Raphael Ferrari



  View this article in PDF format Print article

Outras notícias:
Notícia anterior Em 20 dias, Castramóvel registra 465 interessados Castramóvel realiza 105 cirurgias de castrações em cães e gatos Próxima notícia




SECRETARIA DE SAÚDE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | Av. Romeu Strazzi, 199 - Vila Sinibaldi | Telefone: (17) 3216-9766 | DISQUE SAÚDE: 0800 7717123
Desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia e Informação | Envio de sugestões